Para Maggi lançamentos da Embrapa atendem as demandas do setor produtivo

Por Lebna Landgraf

A solenidade de lançamento de tecnologias da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) realizada, neste dia 8 de fevereiro, quinta-feira, na Vitrine de Tecnologias da Embrapa, no Show Rural, em Cascavel (PR), contou a presença do ministro da Agricultura, Blairo Maggi, do chefe de Transferência de Tecnologias da Embrapa Soja, Alexandre José Cattelan, do chefe-geral da Embrapa Arroz e Feijão, Alcido Wander, do presidente da Coopavel, Dilvo Grolli, entre outras autoridades.

Ministra participa de cinco lançamentos da Embrapa no Show Rural
Maggi participa de cinco lançamentos da Embrapa no Show Rural

Durante a solenidade, o ministro da Agricultura Blairo Maggi enfatizou a importância da geração contínua de novas tecnologias que atendam às necessidades do setor produtivo. “As tecnologias precisam trazer aumento de produtividade no campo, mas principalmente proporcionar rentabilidade ao agricultor. E essa é uma preocupação que pauta os trabalhos da Embrapa: gerar inovações para incrementar a produção e a renda do produtor rural”, afirmou Maggi.
De acordo com Alexandre Cattelan, a Embrapa sempre trabalha em sintonia com o setor produtivo, tanto que as tecnologias que estão sendo lançadas são fruto de um intenso trabalho que não é feito apenas dentro dos centros de pesquisa. “Temos uma profunda conexão com as demandas, um processo sistemático de compreensão de desafios e de estabelecimento de novos patamares tecnológicos”, destaca Cattelan.
O diretor da Coopavel, Dilvo Grolli, enfatizou que o processo de pesquisa é sistemático e continuado, tanto que as cultivares que eram semeadas, em 2008, já não estão mais no campo em 2018. Para Grolli, a Embrapa tem papel preponderante nesse processo de inovação no campo. “Temos muita gratidão pelas tecnologias que a Embrapa entrega para os agricultores, principalmente, porque os resultados gerados nos ajudam a ser mais produtivos e competitivos”, ressalta Grolli.

LANÇAMENTOS – Na solenidade realizada hoje, no Show Rural, foram lançados cinco tecnologias de bastante impacto para o setor produtivo. Entre os lançamentos estavam duas cultivares de soja (BRS 433RR e BRS 511). A BRS 511 é uma cultivar de soja convencional desenvolvida com a tecnologia Shield. A tecnologia reúne genes resistência à ferrugem-asiática. O outro lançamento é a cultivar de soja transgênica BRS 433RR, com alta performance, estabilidade produtiva e ciclo precoce, ambas desenvolvidas em parceria com a Fundação Meridional.
Também foi lançada a cultivar de feijão carioca superprecoce BRS FC104, com ciclo médio de 65 dias e alto potencial produtivo. A Embrapa, em parceria com a Total Biotecnologia, coloca no mercado também a primeira tecnologia de inoculação de braquiária com Azospirillum, o que irá incrementar a produção de biomassa das pastagens. Outro destaque foi o aplicativo guia INnat, que auxilia na identificação de agentes naturais para controle de pragas.
Assessoria de Imprensa da Embrapa
Lebna Landgraf (MTb2903/PR)
(43) 99993-6967 / soja.imprensa@embrapa.br