Parceria brasileira e israelense irá desenvolver soja resistente a nematoides por edição gênica

Por Assessoria de Imprensa TMG

A TMG (empresa brasileira) participa do Show Rural Coopavel

 

A TMG – Tropical Melhoramento & Genética S/A e a Evogene Ltda., empresas brasileira e israelense que atuam em melhoramento e biotecnologia, anunciaram uma parceria para o desenvolvimento de soja resistente a nematoides com a utilização de tecnologias de edição gênica. A edição de genomas tem sido incorporada à pesquisa em universidades e empresas de diversos setores e seu processo regulatório é considerado mais brando em comparação com a transgenia, o que pode facilitar, com exceção da Europa até o momento, o acesso ao mercado.

A ferramenta científica promete gerar avanços na agricultura ao permitir modificações precisamente direcionadas no DNA de uma célula. Na colaboração entre TMG e Evogene, a empresa israelense irá utilizar sua plataforma CPB (Computational Predictive Biology ou Biologia Preditiva Computacional) que vai identificar as edições necessárias do genoma para atribuir resistência a nematoides que afetam a soja. Em seguida, fará essas edições no germoplasma de soja comercial da TMG. Na etapa seguinte, a TMG irá validar a eficácia da soja editada em ensaios em suas casas de vegetação e em ensaios de campo que mantém em todas as regiões produtivas do Brasil e incorporar a nova característica em seu programa de melhoramento genético.

Os nematoides que parasitam a cultura da soja são hoje um dos patógenos que mais causam prejuízos com a redução de rendimento nas lavouras, podendo provocar até 70% de perdas, dependendo da espécie presente na área cultivada. Na sua maioria invisíveis a olho nu, os nematoides vivem no solo se alimentando dos nutrientes das raízes e provocam o crescimento deficiente da planta. Estima-se que o impacto, apenas na cultura da soja no Brasil, seja de R$ 16,2 bilhões por ano, segundo dados da Sociedade Brasileira de Nematologia (SBN).

Alexandre Garcia, gestor de Pesquisa da TMG, aponta que a parceria irá revolucionar o mercado de resistência a nematoides na soja. “A Evogene tem longa experiência e utiliza tecnologias de ponta para a descoberta de genes que expressam características de valor agronômico e agora está expandindo sua plataforma de edição de genoma. A TMG se mantém comprometida com o desenvolvimento de cultivares não transgênicas como uma opção para agricultores e em utilizar genes nativos da soja para melhorar a resistência a pragas e doenças”, destaca.

No desenvolvimento de cultivares de soja com resistência genética à múltiplas raças de nematoide de cisto, a Tropical Melhoramento & Genética é pioneira e líder de mercado. Francisco Soares Neto, diretor presidente da empresa, ressalta que a oportunidade de combinar o que a Evogene e a TMG fazem de melhor é muito promissora. “Esperamos que traga excelentes resultados para os produtores de soja em todo o mundo”, conclui.

Arnon Heyman, vice-presidente da Evogene Ltda. e gerente geral da Divisão de Sementes, declarou que “é uma honra iniciar essa parceria com a TMG, que está entre as empresas líderes em melhoramento na América do Sul, para desenvolver e trazer ao mercado sementes de soja resistentes a nematoides, utilizando edição gênica, além de potencialmente evitar barreiras regulatórias pelo desenvolvimento de um atributo não transgênico”. Arnon explica que essa será a primeira vez que a Evogene poderá comercializar sementes editadas e que tal fato aproxima a Companhia de parcerias relevantes.

Banco do Brasil Governo Federal