Aves/Suínos: Extensionista da Coopavel é eleito o melhor em assistência técnica do Brasil

Jean Paterno

O extensionista Marcelo Antonio Felipe, da área de Fomento de Suínos da Coopavel, acaba de ser eleito o melhor na categoria de Assistência Técnica do Quem é Quem/Maiores e Melhores Cooperativas Brasileiras de Aves e Suínos. O prêmio é há cinco anos organizado pelo Grupo Gessulli, que há mais de um século atua com cobertura jornalística especializada do agronegócio brasileiro. O anúncio dos vencedores em 11 categorias foi feito na manhã desta terça-feira em cerimônia online que abriu a versão digital da AveSui América Latina, um dos maiores eventos mundiais dos setores de aves, suínos e peixes.

Marcelo atua com suinocultura há 20 anos e há cinco é extensionista na fase de terminação. “Atender aos produtores é uma grande responsabilidade porque nossa missão é orientar para que alcancem sempre o melhor resultado”, segundo Marcelo. Uma das funções do técnico de campo é orientar sobre questões ligadas à sanidade, ambiência e assuntos com foco ambiental. “Se não houver união, dedicação e força de vontade de todos os atores da cadeia então não se consolida o cooperativismo”, afirmou o técnico no vídeo que acompanhou a inscrição oficial ao prêmio. Marcelo revelou estar feliz em participar de um movimento com a nobre missão de ajudar a alimentar o mundo.

Seis categorias

Além da categoria de Assistência Técnica, a Coopavel Cooperativa Agroindustrial esteve entre as finalistas em outras cinco – Responsabilidade Ambiental e Bem-Estar Animal, Sustentabilidade, Melhor Cooperado/Aves, Varejo e Melhor Cooperada. O concurso tem no total 11 categorias – as outras são: Desempenho Econômico-Financeiro, Responsabilidade Social, Desenvolvimento Sustentável, Gestão Operacional, Melhor Cooperado, Inovação e Biomassa e Bioenergia. Uma consultoria especializada em agronegócio é quem faz a avaliação e a definição dos vencedores por meio de apurações técnicas criteriosas, segundo os organizadores.

O presidente Dilvo Grolli lembrou que há anos a cooperativa acompanha a atuação da Gessulli e que ela participa de suas premiações. “É um grupo comprometido com o País e que contribui com o agronegócio brasileiro”, destacou. O gerente de Fomento de Suínos da Coopavel, Genésio Garbin, citou que o cooperativismo é um dos setores produtivos que deram certo no Brasil, responsável por representar, além do econômico, o poder social, e por promover a sustentabilidade, a inovação e a prática de boas ideias.

Autoridades

A abertura da cerimônia da AveSui América Latina contou com a presença da ministra da Agricultura e Pecuária, Tereza Cristina, que falou de seu carinho pelo setor cooperativo e pela cadeia de carnes. “O Quem é Quem é uma competição saudável, um prêmio que todos esperam com ansiedade”. Ela ressaltou a importância do setor cooperativista, que, conforme Tereza Cristina, traz prosperidade, emprego e renda para o Brasil e leva o nome do País para mundo. “Esse é um modelo que orgulha o Brasil e os brasileiros”, disse a ministra.

A diretora da Gessulli, Andrea Gessulli, lembrou que o grupo tem 110 anos de trabalho e história e que superação sempre esteve no seu DNA. “Esse é um prêmio que mostra o cooperativismo como ele é e enaltece todos os elos de uma enorme e próspera cadeia”. Por sua vez, o presidente da Organização das Cooperativas do Brasil, Marcio Lopes de Freitas, afirmou estar feliz em participar de uma aliança tão estratégica. “Desejo prosperidade ao modelo cooperativista, que é uma das mais claras e bem-sucedidas demonstrações de ações para superar não apenas a pandemia sanitária, mas também as pandemias social, política e econômica”.

O extensionista Marcelo Felipe, vencedor na categoria de Assistência Técnica

Crédito: Reprodução