Azul terá voos extras para atender demanda do Show Rural Coopavel

Por Jean Paterno

Legenda: A Azul é a empresa com maior oferta de voos e de destinos atualmente no Aeroporto de Cascavel

A Azul Linhas Aéreas acaba de confirmar que terá voos extras no período de 3 a 7 de fevereiro de 2020 para atender o aumento de demanda provocado pelo Show Rural Coopavel. Ofício que acaba de ser endereçado à administração pública de Cascavel foi reencaminhado pelo prefeito Leonaldo Paranhos ao presidente do evento, Dilvo Grolli, e ao coordenador-geral Rogério Rizzardi.

A solicitação de aumento de voos foi apresentada pela direção do evento ao prefeito há poucos dias. Imediatamente, Paranhos procurou as companhias que atendem Cascavel e, de pronto, obteve a resposta positiva da Azul. Em ofício endereçado ao gestor público, a empresa afirma: “Para o evento em questão, comunicamos que iremos adicionar voos extras para Campinas (SP) e Porto Alegre (RS)”.

Como ponto de destaque entre a parceria da cidade de Cascavel e a Azul, segue o documento, nas noites de 2 e 7 de fevereiro de 2020 três aeronaves estarão simultaneamente no solo do Aeroporto de Cascavel. “Isso é prova inequívoca de que a Azul observa e está atenta às demandas da sociedade cascavelense”, afirma o comunicado. Os horários dos voos extras ainda dependem de alguns ajustes e serão informados tão logo seja possível.

De acordo com o coordenador geral do Show Rural Coopavel, Rogério Rizzardi, a notícia é excelente e vem em muito boa hora. “O evento costuma atrair grandes nomes dos cenários do agronegócio e da política nacional e, com esses voos adicionais, mais pessoas poderão se sentir motivadas a se deslocar à cidade para conhecer as novidades desse que é um dos três maiores eventos do mundo em disseminação de tecnologias e inovações para o campo.

O evento

O 32º Show Rural Coopavel acontecerá de 3 a 7 de fevereiro de 2020 em uma área de 72 hectares na BR-277, na saída para Curitiba – dez quilômetros do centro de Cascavel, no Oeste do Paraná. Serão 650 expositores com expectativa de 250 mil visitantes. A estimativa de movimentação financeira para os cinco dias de evento é de R$ 2 bilhões.

Crédito: Assessoria

Caixa Governo Federal