BB/Coopavel: Parceria dá celeridade a atendimento a cooperados

Por Jean Paterno

Banco do Brasil e Coopavel confirmaram, durante o 31º Show Rural, parceria que dá mais celeridade no atendimento a cooperados. O termo de cooperação foi assinado em solenidade com a presença do presidente e do vice da Coopavel, Dilvo Grolli e Jeomar Trivilin, e de diretores do Banco do Brasil, entre eles o vice-presidente de Agronegócio, Ivandré Montiel.

O termo traz vantagens aos cooperados, principalmente no que se refere a ter previsão de quando o seu recurso para custeio ou investimento vai ser liberado. O processo envolve mais recursos de automatização permitindo ao cliente, depois do acolhimento da proposta na cooperativa, acompanhar os passos e o estágio da operação no banco, digitalmente. Há uma interlocução de forma mais direta, observa Ivandré.

A conclusão de todos os procedimentos comuns a esse tipo de operação (custeio e investimento) será, da entrada à finalização, realizada em três dias úteis. É, segundo o vice-presidente de Agronegócio do Banco do Brasil, uma substancial redução de tempo. A parceria do termo de cooperação, também conhecido por correspondente bancário, já está em vigência e seu prazo de validade é por tempo indeterminado.

Para ter acesso aos recursos do Banco do Brasil e participar das condições previstas na parceria com a Coopavel, o cooperado terá de ser correntista da instituição. Com isso, ele poderá solicitar linhas de investimento, comercialização e seguro agrícola. O presidente da cooperativa que organiza o Show Rural, Dilvo Grolli, afirma que convênios como esse fazem bem e contribuem para valorizar ainda mais os agricultores adeptos da metodologia de sustentação do cooperativismo agrícola.

Legenda: A assinatura da parceria ocorreu nessa solenidade, durante o 31º Show Rural Coopavel

Crédito: Assessoria

Banco do Brasil Governo Federal