Cascavel recebe na 5ª Fórum Paraná Livre da Febre Aftosa

Por Jean Paterno

Cascavel é um dos municípios que sediam um dos seis fóruns organizados pela Adapar (Agência de Defesa Agropecuária do Paraná) e pelo Governo do Estado para tratar sobre mudança de status sanitário há muito aguardada.  O debate será em torno de reconhecimento do Paraná como área livre de febre aftosa sem vacinação. O encontro vai ser realizado nesta quinta-feira, 23, a partir das 13h, no Anfiteatro Emir Sfair, no Centro de Convenções e Eventos de Cascavel.

O primeiro fórum foi realizado no dia 14, em Paranavaí, e outros em Cornélio Procópio, Curitiba, Guarapuava e Pato Branco. A primeira palestra começa às 14h sobre Saiba o que muda após a suspensão da vacina contra a febre aftosa, com o gerente de Saúde Animal da Adapar Rafael Gonçalves Dias. Depois, o assunto será Por que o Paraná deve parar de vacinar e, por último, vai ser aberto espaço à palavra de autoridades presentes.

O aval para parar de vacinar foi dado ao Paraná no último dia 24 de abril durante a realização da 2ª Reunião do Bloco V do Plano Estratégico do Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa. Pelo cronograma original, a autorização seria dada apenas no primeiro trimestre de 2021. A oficialização do reconhecimento deverá ocorrer em setembro próximo, com publicação pelo Ministério da Agricultura e Pecuária de ato normativo de reconhecimento da condição do Paraná. A mudança de status abre novos mercados às carnes produzidas no Estado, principalmente à suína e bovina.

Banco do Brasil Governo Federal