Ihara desenvolve linha de herbicidas do futuro

Jean Paterno

A Ihara faz na versão digital do Show Rural Coopavel a apresentação de uma linha de produtos que, devido à tecnologia empregada, são chamados de herbicidas do futuro. Um deles é o Kyojin, pré-emergente que revoluciona o manejo de plantas daninhas nas culturas de soja e milho. “Há 22 anos não era desenvolvida uma molécula com essa finalidade e estamos aqui com o que há de mais novo no mercado”, diz o administrador técnico da empresa, Rafael Scapini de Oliveira.
O lançamento traz em sua composição uma molécula altamente tecnológica, conseguida de forma inédita pela Ihara. “Com essas novas soluções, as principais características são o longo residual, alta seletividade e controle de plantas daninhas resistentes e consideradas desafios aos produtores rurais que cultivam soja e milho”, segundo Rafael. Entre as daninhas que o Kyojin/Yamato combate estão capim pé-de-galinha, buva e digitarias.
“É um pré-emergente que apresenta excelentes resultados”, reforça Rafael, que em vídeo técnico apresenta duas áreas cultivadas em parcela no Show Rural Coopavel, uma com e outra sem o herbicida e os resultados são impressionantes. Para assistir à versão digital do evento, agricultores, técnicos e outros interessados em avanços para o campo podem acessar os seguintes endereços: youtube.com/showruralagro e www.showrural.com.br . Ali, além de vídeos técnicos com inúmeras informações, há textos e também uma vitrine com produtos e serviços de empresas do agronegócio parceiras do Show Rural.

Outros
A Ihara apresenta outros dois produtos de sucesso de seu portfólio. O Zeus também é fabricado a partir de uma nova molécula no Brasil e leva o manejo do percevejo a outro patamar. “Ao utilizar esse produto, as suas culturas ficarão protegidas com mais eficiência e por mais tempo”, segundo Rafael. Outra novidade é o Bold, inseticida com registro para várias culturas e com grande sucesso no manejo de insetos, como cigarrinha e pulgão.

Rafael: moléculas levam controle de plantas daninhas a outro patamar

Crédito: Assessoria