Nova tecnologia em pulverizadores automotrizes permite manter o tamanho das gotas mesmo com variação de velocidade

Por Assessoria de Imprensa Jacto

Novidade desenvolvida pela Jacto, tecnologia PWM será apresentada ao mercado durante o Show Rural Coopavel. Vários lançamentos em termos de opcionais também estarão disponíveis para os pulverizadores da família Uniport.

FEVEREIRO de 2020 – Atendendo sempre a necessidade real dos seus clientes, a Jacto apresenta na Show Rural Coopavel a tecnologia PWM, que será demonstrada no Espaço Inovação e em uma das máquinas para que o produtor possa entender os avanços em tecnologia de aplicação que logo em breve entrarão comercialmente no mercado.

Desenvolvida totalmente no Brasil, esta tecnologia permite uma pulverização ainda mais uniforme, mantendo o tamanho das gotas mesmo com variação de velocidade da máquina.

“A tecnologia PWM vem integrada ao já conhecido sistema bico a bico que possibilita uma economia em defensivos agrícolas de até 10%. Faz a gestão automática da operação sendo acionado somente quando necessário. Em operações onde o talhão permite a velocidade constante, o sistema trabalha como se fosse uma pulverização normal. Em posição onde é detectada a variação de velocidade, o sistema automaticamente responde com controle de vazão adequando o sistema PWM a nova condição de velocidade. Com isso, a pulverização fica mais eficiente e com tamanho de gota dentro do especificado”, explica Rodrigo Madeira, gerente de negócio de pulverizadores automotrizes da Jacto.

“Esta inovação permite um controle da vazão ao longo de todo o comprimento das barras nas operações que necessitam fazer curva, compensando a vazão dos bicos durante uma manobra de giro ou desvio de obstáculos. Quando a máquina precisa desviar de algum poste ou algum obstáculo no meio da plantação, por exemplo, a tecnologia PWM equaliza automaticamente a vazão nos bicos e corrige o tamanho da gota para seguir o padrão do trabalho”, exemplifica o especialista.

A tecnologia PWM não tem restrições quanto ao uso de defensivos, podendo aplicar herbicidas, fungicidas, inseticidas e particulados, atuando em todo o ciclo da pulverização. É também um sistema que pode operar com pressões de até 150 psi, permitindo, com isso, mais condições de aplicação.

No Uniport 3030 EletroVortex, o acoplamento da tecnologia PWM é feito com a assistência de ar e o carregamento eletrostático das gotas, elevando o nível de efetividade de pulverização, reduzindo impactos ambientais e garantindo aumento da produtividade.

Lançamentos de itens para aprimorar modelos da família Uniport

Bocal de abastecimento de 3” (três polegadas): o Uniport 3030 e o Uniport 3030 EletroVortex passam a ter o sistema de abastecimento com bocal de 3” como item de série nas máquinas, assim como já é equipado o Uniport 4530, permitindo abastecimento mais rápido e deixando a máquina mais tempo disponível para trabalhar. Dependo das condições de abastecimento, o ganho de produtividade pode chegar a até 7% em hectares/dia, quando comparado com o sistema de 2”. É mais produtividade na operação de pulverização.

Reservatório de diesel – 400 litros: disponível como item de série para o Uniport 3030 EletroVortex e opcional para o Uniport 3030 e Uniport 4530, as máquinas passam a ter a opção de um maior reservatório de combustível, permitindo grande autonomia de trabalho. Dependendo da condição de operação, pode atingir até 24 horas sem abastecimento.

Tecnologia de pneus VF: na dimensão VF 380/90 R46, esta nova tecnologia permite trabalhar com pressões menores, diminuindo a compactação do solo, aumentando o rendimento de tração e reduzindo o consumo de combustível. “Um grande diferencial desta tecnologia é poder trabalhar com pressão menor nos pneus, melhorando o conforto na operação e o desempenho de tração nos terrenos. Entra como item opcional nos modelos Uniport 3030, Uniport 3030 EletroVortex, Uniport 4530 e Uniport 2530”, explica Madeira.

Iluminação de LED: todos os modelos da família Uniport passam a ter como item de série a iluminação de LED. Além de mais moderna, consomem menos energia e permitem maior rendimento em trabalhos noturnos com mais segurança e produtividade.

Banco do Brasil Caixa Governo Federal