Show Rural Coopavel 2022 07 a 11 de Fevereiro de 2022

Uso de drone no Show Rural deve ter consulta prévia junto à Polícia Civil

Jean Paterno

O uso de drones para filmagens e fotografias durante a 34ª edição do Show Rural Coopavel, de 7 a 11 de fevereiro, em Cascavel, no Oeste do Paraná, vai seguir rigorosamente determinações e orientações dos órgãos competentes, como Polícia Civil e ANAC, a Agência Nacional de Aviação Civil. Para voos é necessária a autorização do Decea, que é o órgão controlador do tráfego aéreo. Há um aplicativo em que se pede autorização para voar em determinada data, horário e região.

A utilização do equipamento dependerá de consulta prévia na Polícia Civil – o órgão mantém unidade móvel em funcionamento, no parque, durante o evento. Quem tentar ignorar a orientação e usar drones de forma clandestina e irregular, segundo agentes da Polícia Civil, poderá responder criminalmente e ter o equipamento apreendido.

O usuário ou dono do equipamento precisará, na presença do órgão responsável, apresentar toda a documentação referente ao drone, respeitando protocolos da Anac. O coordenador geral do Show Rural Coopavel, Rogério Rizzardi, informa que a preocupação central é com a segurança, por isso todas as regras e orientações quanto à utilização de drones para a captação de imagens deverão ser cuidadosamente observadas e seguidas.

Obrigações

Os documentos e autorizações obrigatórios para o uso de drones são os seguintes:

1- Manual de voo

2- Documento de Avaliação de Risco

3- Cadastro na Anac – (sistemas.anac.gov.br/sisant)

4- Apólice de Seguros contra terceiros

5- Autorização Decea-Sarpas (servicos2.decea.gov.br/sarpas/)

6- Homologação do drone na Anatel

7- Documentos de identificação do piloto maior que 18 anos (RG)

8- Autorização dos frequentadores caso queira sobrevoá-los

Há normas específicas para a operacionalização de drones que devem ser observadas

Crédito: Assessoria

Banco do Brasil Governo Federal