Ministra da Agricultura lança tecnologias da Embrapa amanhã no Show Rural

Por Lebna Landgraf

A solenidade de lançamento de tecnologias da Embrapa no Show Rural, em Cascavel (PR), será amanhã, dia 8 de fevereiro, às 14h30, na Vitrine de Tecnologias da Embrapa, com a presença da ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, do presidente da Embrapa, Sebastião Barbosa, do governador do Paraná, Carlos Massa Ratinho Jr., do presidente da Coopavel, Dilvo Grolli, e do chefe-geral da Embrapa Soja, José Renato Bouças Farias. Serão lançadas duas tecnologias: o Fast-K, método de avaliação nutricional para soja, e a cultivar de feijão BRS FP403.

Fast-K – método de avaliação de potássio para a cultura da soja
O potássio (K) é o segundo nutriente mais exigido pela cultura da soja. Em média, a planta exporta 20 kg/ha de K2O para cada tonelada de grãos produzidos. Quando os produtores não reaplicam as quantidades de potássio compatíveis com as exportadas pode haver redução da disponibilidade de K no solo. Para auxiliar a tomada de decisão a campo, a Embrapa desenvolveu o Fast-K um método rápido para a avaliação do teor de K nas folhas de soja, de fácil utilização e interpretação.

A proposta do Fast-K é melhorar o manejo nutricional da soja, a partir da adoção da metodologia que utiliza um medidor portátil para ler e interpretar os resultados, dispensando a diagnose tradicionalmente feita por técnicas laboratoriais. “Ao realizar o teste foliar no campo, a assistência técnica ganha tempo para tomar as decisões mais acertadas em relação à correção da deficiência de potássio ainda na safra em curso, uma vez que o potássio tem influência direta na produtividade”, destaca pesquisador Adilson de Oliveira Jr., da Embrapa Soja.

Feijão BRS FP403
É uma cultivar com alto rendimento, potencial de 4,7 mil quilos por hectare. Apresenta ciclo normal de crescimento (85-95 dias) e é recomendada para cultivo em 19 estados brasileiros. A BRS FP403 tem uma boa arquitetura de raizes com sistema radicular bastante vigoroso e tolerante a murcha de fusarium e Podridão-radicular-seca. Os seus grãos são graúdos com alta qualidade industrial. Possui plantas com porte semi prostrado e inserção de vagens altas em relação ao solo proporcionando adaptação à colheita mecânica direta.

A BRS FP403 tem uma boa arquitetura de raízes com sistema radicular bastante vigoroso e tolerante a murcha de fusarium e Podridão-radicular-seca. Os seus grãos são graúdos com alta qualidade industrial. Possui plantas com porte semi prostrado e inserção de vagens altas em relação ao solo proporcionando adaptação à colheita mecânica direta.

Lançamento de Tecnologias da Embrapa
Data: 8 de fevereiro de 2019
Local: Vitrine de Tecnologias da Embrapa no Show Rural Coopavel, em Cascavel (PR).
Horário: 14h30

Assessoria de Imprensa
Jornalista: Lebna landgraf (MTb2903 – PR)
(43) 9.9993-6967

Banco do Brasil Governo Federal