Tecnologia SmartSet, que acelera tempo de calibração da adubadora, ganha versão mobile

Assessoria de Imprensa Jacto

A ferramenta é um dos destaques durante o Show Rural Coopavel 2022. Essa tecnologia foi desenvolvida exclusivamente para auxiliar o agricultor no ajuste da faixa de aplicação da adubadora Jacto, com recomendações para uma grande variedade de fertilizantes e sementes. Outra novidade é o opcional de rodado mais largo para a cultura de arroz, disponível para a adubadora tracionada Tellus 10.000 NPK.

 

FEVEREIRO de 2022 – A operação de adubação ganhou agilidade e precisão com tecnologias para promover boa qualidade de distribuição e dosagem dos fertilizantes no solo, com mais uniformidade de aplicação e economia de produtos. 

Com ferramentas exclusivas desenvolvidas para sua linha de adubadoras a lanço, a Jacto atualiza a tecnologia SmartSet, que ganha uma versão mobile, com um aplicativo para IOS e Android, e acessível de forma rápida pelo Jacto Connect. A ferramenta é um dos destaques durante o Show Rural Coopavel 2022.

O SmartSet é a ferramenta desenvolvida para auxiliar o agricultor no ajuste da faixa de aplicação das adubadoras Uniport 5030 NPK e Tellus 10.000 NPK. Essa atividade, antes feita de forma manual e por tentativa e erro, exigia bastante tempo e atenção para uma correta regulagem e calibração da máquina.

Com a tecnologia, em quatro passos simples, obtém-se uma indicação confiável de regulagem da faixa de aplicação para uma grande quantidade de fertilizantes e sementes. A máquina fica pronta para o trabalho de forma mais rápida e possibilita aplicação de maior qualidade.

“O SmartSet contém um banco de dados com mais de 1000 fertilizantes testados e cadastrados.  Basta que o agricultor informe características do seu fertilizante, do equipamento e a largura da faixa de aplicação que deseja, para que a ferramenta retorne com a indicação de regulagem do ponto de queda do fertilizante no disco. O método de busca no aplicativo ou no site pode ser feito de diferentes formas: indicação do produto, do fabricante ou por semelhante, que é quando se usa dados de densidade, formato dos grãos e granulometria. Antes, a ferramenta era online, disponível apenas no website. Agora, a versão mobile permite ainda mais agilidade ao processo”, explica Gustavo Micheli, gerente de negócios de adubação da Jacto.

Melhorias vão facilitar ainda mais a vida do agricultor – A simplicidade no uso do SmartSet é uma grande característica dessa nova versão da ferramenta, com o acesso ao banco de dados também em modo off-line. Isso permite maior disponibilidade das informações para facilitar a regulagem das adubadoras no momento do uso da máquina em campo. 

“Outra vantagem é que após a regulagem via SmartSet, se o cliente fizer alguma coleta e perceber uma melhor posição para o ponto de queda para aqueles fertilizantes e aplicações, ele pode registrar essa regulagem que fica gravada como “Meus Fertilizantes”. Dessa forma, além dos dados das aplicações poderem ser gravados no display das adubadoras Jacto, os clientes podem acessar essas informações de regulagem na própria ferramenta”, afirma Micheli. 

A inclusão de indicações de pontos de queda referências para as aplicações de sementes também é um diferencial que está disponível na nova versão.

Disponibilidade em plataformas e formatos – O Smartset está disponível para acesso diretamente pelo aplicativo Jacto Connect. Caso o usuário não tenha o Jacto Connect instalado, é possível baixar diretamente nas lojas de aplicativos, nas versões Android e IOS.  No primeiro acesso será feito um cadastro de login e senha. Essa conta do usuário é a mesma do website, caso o usuário já use a ferramenta pelo site.

Adubação com mais precisão– Além do SmartSet, o conjunto de tecnologias presentes nas duas adubadoras Jacto permite uma adubação de precisão, com o controle da dosagem a ser aplicada e da distribuição, que pode ser feito por meio do Sistema PrecisionWay

Trata-se de uma tecnologia para controlar a dosagem, ponto de queda do fertilizante nos discos e formato das pás, distribuindo os insumos na dose certa, com qualidade e uniformidade ao longo de toda faixa de aplicação.

Outras tecnologias exclusivas presentes nos dois equipamentos são o Controle Automático de 12 seções e o Controle de Bordadura. O Controle Automático de seções segmenta a faixa de aplicação em até 12 partes, o que reduz em até 15% custos com fertilizantes e minimiza sobreposições nas bordaduras, representando economia para o agricultor e maior proteção ambiental.

Já o Controle de Bordadura é um sistema que permite reduzir os erros de aplicação nas operações de bordadura, evitando a aplicação de fertilizantes em áreas não desejadas, como carreadores e áreas de reserva.

As tecnologias diferenciadas presentes na linha de adubadoras a lanço da Jacto foram avaliadas por uma equipe de especialistas da Fundação MT (Fundação de Apoio à Pesquisa Agropecuária de Mato Grosso) e receberam o Selo “Testado” com a chancela da Instituição.

Opcional de rodado para a cultura de arroz – A adubadora Tellus 10.000 NPK agora tem o opcional de rodado para melhor desempenho na cultura de arroz. O cultivo de arroz irrigado por inundação, com a presença de uma lâmina d’água, é a realidade em quase 90% das lavouras de arroz no Brasil, estando presente em grande parte das áreas do estado do Rio Grande do Sul.

Essa prática, além de garantir maiores produtividades, traz diversas outras vantagens quando comparada à condição de sequeiro (sem irrigação). Uma solução muito comum para reter a água na lavoura é a delimitação em curvas de nível, construindo assim diques nessas curvas no talhão, mais popularmente conhecidos como taipas. Com o opcional de rodado com pneus mais largos de 14,9X 24 polegadas, a máquina consegue trabalhar nesses talhões sem danificar as taipas.

“Atualmente o conjunto de pneus e rodas da máquina Tellus 10.000 NPK (pneus 12,4x 24 polegadas) são utilizados nas aplicações em áreas plantadas com os demais cereais. Agora, a Tellus 10.000 NPK possui o opcional (pneus mais largos) para a cultura de arroz, podendo montar os dois modelos de pneus e rodas” explica Micheli.