Show Rural Coopavel 2023 06 a 10 de Fevereiro de 2023

Show Rural inaugura centro de tecnologia modelo à avicultura

Jean Paterno

Em um mesmo ambiente, avicultores podem conhecer e escolher a melhor configuração possível em equipamentos e estruturas para potencializar a performance e o resultado de suas granjas. O Centro Tecnológico de Avicultura foi oficialmente inaugurado nesta terça-feira durante a 34ª edição do Show Rural Coopavel. O ato foi acompanhado do vice-governador Darci Piana, do secretário de Estado da Agricultura, Norberto Ortigara, do presidente da Coopavel, Dilvo Grolli, de diretores de empresas parceiras e de avicultores.

O Paraná é líder na produção de frangos no Brasil. O Estado responde por 35,5% de tudo o que é produzido no País e por 40% do que é exportado para dezenas de nações. “Abatemos mais de 2,1 bilhões de aves por ano, atividade que gera dezenas de milhares de empregos nas propriedades rurais e nos abatedouros”, apontou Ortigara. “A união faz a força e o compartilhamento de ideais e experiências potencializa qualquer projeto”, destacou Darci Piana. O vice-governador afirmou que o que já é bom não pode parar, por isso parcerias como essa, que levaram à implantação do centro de tecnologia, precisam ser incentivadas.

Fotovoltaica

Dilvo Grolli sugeriu programas e parcerias que possam criar facilidades para dotar aviários de energia fotovoltaica. Atualmente, esse é um dos mais caros insumos do setor e com a tecnologia das placas solares os custos com eletricidade chegam a cair 90% aos criadores. “Com atitudes como essa, o setor seguirá competitivo e gerando oportunidades”, conforme o presidente da Coopavel. Ortigara lembrou que, por meio do RenovaPR, os avicultores têm linhas de crédito para financiamento com retorno do investimento já acontecendo em 42 meses.

Com a inauguração do Centro Tecnológico da Avicultura, parceria com a Associação de Fabricantes de Equipamentos para Aves e Suínos, o Show Rural Coopavel cria um aviário-escola. São 18 mil avicultores, em todo o Estado, que terão, juntamente com seus funcionários e técnicos do setor, a oportunidade de aperfeiçoar conhecimentos continuamente, lembrou o gerente de Fomento Avícola da cooperativa, Eduardo Leffer. As empresas conectadas ao empreendimento são: inoBram, Munters, Cumberland, Rafitec/Propex, Avioeste, Plasson e Edege.

Legenda: Autoridades e avicultores durante o ato inaugural: centro será um aviário-escola

Crédito: Assessoria

Banco do Brasil Governo Federal Caixa