Celepar se conecta a um mundo em transformação

Por Jean Paterno

Legenda: O presidente da Celepar, Leandro Victorino de Moura, participou do Fórum de TI das Cooperativas do Brasil e Paraguai

Não dá para ficar parado em um cenário de mudanças tão rápidas e contundentes. A lógica alcança empresas e órgãos públicos, como a Celepar  (Companhia de Tecnologia da Informação e Comunicação do Paraná). O novo formato da empresa foi apresentado no Fórum de TI das Cooperativas do Brasil e Paraguai nesta sexta-feira no Show Rural Digital, uma das sensações do 32º Show Rural Coopavel.

“Acompanhar as tendências é uma necessidade para oferecer o melhor serviço ao cidadão. Por isso, estamos nos reinventando”, afirmou o presidente da Celepar Leandro Victorino de Moura. Além de atender a estrutura governamental, a empresa passa a desenvolver aplicativos que levam facilidades aos paranaenses. E eles estão nas mais diferentes áreas. Há alguns anos, as cinco maiores empresas do mundo eram do setor de petróleo e hoje estão na pesquisa e inovação.

Com 1.128 colaboradores, a Celepar desenvolve e aprimora soluções e adota atitudes de inclusão. Um aplicativo para acionar a polícia ganha instrumentos que possibilitam a inclusão de pessoas que não conseguem ouvir e falar. “Inovar é usar a tecnologia para facilitar a vida do cidadão”, diz a diretoria da Companhia. Por meio de um dispositivo conhecido por Escola Paraná é possível que os pais saibam se os filhos realmente estão em sala de aula e também ter acesso a informações sobre o desempenho deles.

A biometria das catracas de acesso à Arena da Baixada, do Athlético Paranaense, é um reforço à área da segurança. O recurso identifica e armazena informações em um poderoso banco de dados. A inclusão alcança também pessoas da terceira idade, que tornaram sucesso um dispositivo que ensina a como utilizar o smartphone. O maior destaque da Celepar no ano passado foi o Paraná Serviços, criado para modernizar a contratação de trabalhadores autônomos. Lá estão informações sobre os candidatos, suas habilidades e também sobre sua conduta pessoal e profissional.

O Piá é o Paraná Inteligência Artificial, ferramenta com mais de 400 serviços on-line, entre eles IPVA e repasse de informações sobre pontos acumulados na carteira de motorista e sobre a emissão do RG e carteira de trabalho. Ao ser acionado, o Piá grava os dados do usuário e os mantêm, de forma sigilosa, em um imenso arquivo. A companhia tem vários selos de segurança, garantia da qualidade dos serviços e de responsabilidade em abrigar informações estratégicas. “Não é por acaso que a Celepar é pioneira no Brasil em inteligência para governos”, diz o coordenador do Show Rural Coopavel, José Rodrigues da Costa Neto.

Crédito: Assessoria

Banco do Brasil Caixa Governo Federal