Coopavel recebe réplica de troféu que premiou ecossistema do Oeste

Jean Paterno

SRI Iguassu Valley foi reconhecido nacionalmente pela CNI e Sebrae

A Coopavel é uma das parceiras de um projeto recentemente premiado nacionalmente pela sua consistência e contribuições para os avanços da inovação no Oeste do Paraná. Entidades que contribuem com o ecossistema recebem réplicas do troféu entregue, em São Paulo, ao Sistema Regional de Inovação Iguassu Valley, vencedor do Prêmio Nacional de Inovação, um dos mais importantes reconhecimentos brasileiros para esse tipo de iniciativa.

Em Cascavel, além da Coopavel, estão AcicLabs, Fundetec e universidades como grandes parceiras do Sistema Regional de Inovação. A réplica destinada à cooperativa foi entregue ao presidente Dilvo Grolli pelo gerente de Negócios do Sebrae, Emerson Durso, durante evento do Iguassu Valley, no Espaço Impulso.

“É uma grande honra fazer parte de um ecossistema tão dinâmico, ativo e participativo. As novas tecnologias revolucionam o mundo e o Oeste, principalmente devido à sua forte conexão com o agronegócio, precisa estar conectado a esse novo mundo”, afirma Dilvo. A Coopavel, segundo ele, tem a inovação em seu DNA, prova disso é o Show Rural, que desde 1989 é modelo para o mundo em novidades ao campo. “Estamos muito felizes com esse reconhecimento e ele nos motiva a trabalhar ainda mais e com dedicação redobrada”, destaca o gerente de Inovação Kleberson Angelossi.

A origem do Iguassu Valley é o Núcleo de Informática e Telecomunicações da Acic, criado em 1999. O projeto cresceu e a partir de uma metodologia bastante apreciada ganhou novo nome e chegou a outros municípios. Houve então fusão com o Sistema Regional de Inovação, ligado ao Sebrae e mais recentemente ao Programa Oeste em Desenvolvimento. Assim, criou-se uma ampla e sólida estrutura para pensar estrategicamente o desenvolvimento da inovação nessa fração do território estadual. “E os resultados dessa soma de talentos e esforços são dos melhores, a exemplo desse prêmio tão cobiçado que acabamos de conquistar”, diz o gerente de TI da Coopavel Rogério Aver.

O prêmio

O anúncio do vencedor do Prêmio Nacional de Inovação ocorreu em evento, em São Paulo, organizado pela CNI (Confederação Nacional da Indústria) e Sebrae. O SRI Iguassu Valley disputou o título com outros dois ecossistemas que são referências para o Brasil – de Curitiba e de Campinas. “Ficamos surpresos na hora, mas entendemos que nossa união, conexão e propósitos com o presente e com o futuro da região foram determinantes para a escolha”, ressalta o presidente do ecossistema vencedor, Jadson Siqueira. 

O ecossistema

Atualmente, o ecossistema SRI Iguassu Valley é formado por 7 empresas âncoras, 324 startups, 8 instituições de apoio, 21 habitats de inovação, 25 instituições de ensino, 7 movimentos municipais (Cascavel, Foz do Iguaçu, Toledo, Marechal Cândido Rondon, Medianeira, Palotina e Santa Helena) e dez grupos de trabalho. Um dos principais desafios dele agora é, até o ano de 2030, virar um modelo para o mundo.

Legenda: Emerson Durso, consultor do Sebrae, entrega réplica ao presidente Dilvo
Crédito: Assessoria